26 julho 2019 ILIRA Brasil

PAY ME BACK! é o novo single da rainha pop ILIRA. O milagre vocal de 4 oitavas explica seu ex aqui e lembra tudo o que ela já investiu nele – dinheiro, tempo e amor. Bem a tempo do lançamento do single, em 26 de julho, conhecemos a ILIRA para uma entrevista e conseguimos convencer-nos de seu talento ao vivo.

A suíça de 24 anos com o estilo maluco realmente começou com a música “Fading” com o Alle Farben. Queríamos aprender mais sobre a nova Lady Gaga da música pop.

ILIRA, como você descreveria sua música?

Minha música é urbana e chique misturada com pop.

De onde você tira a inspiração para suas músicas?

Eu só escrevo músicas sobre coisas que realmente aconteceram comigo. É por isso que, na minha opinião, você também escreve músicas para processar as coisas. Por esse motivo, estou preocupado com histórias 100% reais e, especialmente, minhas histórias.

Você tem modelos musicais?

Na verdade, comecei a cantar sobre Britney Spears. Foi o meu primeiro impulso e a razão pela qual eu queria ser cantor aos 6 anos de idade. Jojo, Rihanna e Lady Gaga vieram mais tarde.

O que há por trás dos unicórnios que você pode ver em todos os lugares?

De fato, está relacionado aos meus fãs. Eu queria atribuir um nome a eles e pensar em como meus fãs me afetariam: como unicórnios fofos. E agora eles se chamam unicórnios.

E esse unicórnio do seu novo vídeo?

Este é Harald! Ele é novo na família e vem da Turíngia (risos). Ele sempre estará presente nos eventos e deve simplesmente representar meus fãs.

Houve um momento chave em que você sabia que só queria fazer música?

Sim! Eu tinha 6 anos e sabia que seria a nova Britney (risos). Naquele momento, já estava claro para mim. Após o sucesso aos 14 anos na Albânia, tentei na Suíça, o que foi difícil porque simplesmente não havia plataforma naquele momento. Então, aos 15 anos, perguntaram-me se gostaria de participar da decisão preliminar do CES. Naquela época correu muito bem para mim, chegamos ao 3º lugar. Um dia depois, no entanto, tudo acabou e o sonho acabou para mim e eu duvidava em como prosseguir. Por isso terminei a escola primeiro e considerei estudar música ou psicologia. Mas continuei tentando ganhar uma posição na indústria da música. Na verdade, não havia plano B.

Sua família te apoiou desde o início?

Aos 14 anos, eu tive uma apresentação da banda da escola onde minha mãe assistia. Ela ficou tão surpresa porque até agora eu só tinha cantado no meu quarto sozinha. A partir de então, ela sempre me apoiou e me empurrou. Todos na minha família.

Qual foi ou é a sua chave para o sucesso e um avanço como artista?

Persistência, vontade, motivação, talento, USP e, acima de tudo, ter a equipe certa. Eu nunca desisti simplesmente porque não há plano B para mim. 

Você sempre teve um estilo tão marcante?

Absolutamente, sempre. Minha mãe adora moda e sempre fez muitas coisas sozinha. Minha irmã e eu sempre estávamos vestidas como princesas gêmeas quando crianças. Meus professores ficavam parcialmente chocados com o meu estilo. Na Suíça, na minha aldeia, minha aparência era realmente algo especial. Mas não me importei com palavras estúpidas, queria viver. Sinto muito se os outros não se atrevem a sair de si mesmos. Eu acho que todas as pessoas também devem transmitir sua personalidade para o mundo exterior. Minhas roupas refletem minha alma.

Fonte: Kultmucke © Tradução e Adaptação: Equipe – ILIRA Brasil

ILIRA nas redes sociais

Página facebook

Twitter oficial

error: Content is protected !!