14 agosto 2023 ILIRA Brasil

Na Suíça, nos últimos seis meses, foi transmitida mais música em língua albanesa do que em alemão-suíço. Músicos de origem albanesa também fazem sucesso internacionalmente. Por que isso poderia ser?

A música pop está se tornando mais multilíngue em todo o mundo, de acordo com um estudo da empresa americana de coleta de dados Luminate . Graças à internet e aos serviços de streaming, as músicas agora estão mais facilmente acessíveis. Isso promove a diversidade musical. A música em inglês representa agora apenas 56% das transmissões globais, em comparação com 67% em 2021.

Na Suíça, quase 61% das músicas transmitidas no primeiro semestre de 2023 são em inglês, seguidas pelo alemão padrão (cerca de 15%) e pelo francês (8%). Depois vem o espanhol (4%) e o italiano (2%).

7,5 milhões de streams à frente

No ano passado, as músicas em alemão suíço chegaram ao sexto lugar. Mas em 2023 haverá agora uma língua diferente: o albanês (1,2 por cento). A diferença para o alemão suíço é de apenas 0,1%. Em números reais, são 7,5 milhões de streams a mais.

Londrino de sucesso por opção: Os sucessos da suíça ILIRA, que tem raízes no Kosovo e na Albânia, alcançam mais de 120 milhões de streams no Spotify em mais de 183 países. Ela agora mora no Reino Unido.

A cantora suíça de sucesso internacional ILIRA suspeita que as atividades nas redes sociais sejam uma das razões para a mudança:

“Na Albânia e no Kosovo ainda não existe uma indústria musical com editoras e empresas de promoção. É por isso que os próprios músicos são muito ativos no YouTube e em outras mídias sociais.”

Mais promoção leva a mais visibilidade. Além disso, a plataforma de streaming Spotify não possui redação própria na Suíça. As playlists suíças são selecionadas em Berlim.

É por isso que as músicas suíço-alemãs dificilmente aparecem nas playlists internacionais. Os músicos de língua albanesa, por outro lado, têm mais hipóteses de acabar nesta lista porque a comunidade albanesa está espalhada por todo o mundo.

Ava Max como vanguarda

Na verdade, a música de músicos albaneses não está em ascensão apenas na Suíça. Nomes como Dua Lipa, Bebe Rexha, Ava Max e Era Istrefi alcançaram fama mundial nos últimos anos com canções em língua inglesa e albanesa.

Músico americano de sucesso com raízes albanesas: a cantora pop Ava Max se apresentando nos MTV EMAs em Sevilha, Espanha, no outono de 2019.

“A música albanesa apela a muitas nacionalidades, as melodias são internacionais e a música tem influências turcas e ocidentais. Isto significa que muitas pessoas encontram algo que as atrai”, explica ILIRA, que cresceu em Brienz como filha de pais albaneses do Kosovo.

Um pedaço de casa

É surpreendente que a lista das canções dialetais mais populares na Suíça também seja encabeçada por um rapper com raízes albanesas: EAZ. Ele suspeita: “A música albanesa não é ouvida apenas pelos jovens, mas também pelos mais velhos. É sempre algo diferente ouvir música na língua materna, porque traz de volta um pedaço da velha pátria.”

A ascensão das estrelas albanesas no cenário internacional e os números do streaming suíço deixam claro: a comunidade albanesa tem talento. Ele também não consegue explicar por que isso acontece, diz Marash Pulaj, rapper e co-apresentador do Fol Shqip Show, um programa de comédia albanês-suíço.

Mas talvez a nacionalidade não importasse. “Com a música, as fronteiras confundem-se. Se você gosta da melodia e da música, não importa em que idioma ela é cantada”, diz Marash Pulaj.

Fonte: SRF © Tradução e Adaptação: Equipe – ILIRA Brasil

ILIRA nas redes sociais

Página facebook

Twitter oficial

error: Content is protected !!